Swift

A realidade de milhões de mulheres chegou ao mundo pop: entenda a situação da Ke$ha

Você conhece alguma mulher que já sofreu qualquer tipo de abuso? Sexual, psicológico? Ela provavelmente se recordou disso e sofreu até o último instante. Agora tente entender a tristeza que é trabalhar, fazer o que você faz para viver, olhando na cara do seu estuprador. A situação dessas pessoas se tornou deplorável, e assim foi também com a famosa cantora Ke$ha.


Caso você tenha morado em uma caverna nos últimos dois anos ou apenas não é ligado no mundo pop, você provavelmente não sabe do que estou falando, então, esclarecimentos: Ke$ha, a cantora estadunidense, acusou seu produtor de tê-la abusado sexualmente em 2014 e desde então um processo judicial vem dando suas caras. Ontem (19/02) saiu a decisão da Corte sobre a liminar que livraria a cantora temporariamente do contrato com o Dr. Luke (produtor com quem ela ainda tem que fazer cinco cds), ela foi negada. Ainda há a esperança de tudo dar certo para a loira durante o próximo julgamento, já que esse foi só o primeiro.

 Kesha Rose saiu devastada do tribunal, onde dezenas de fãs manifestavam a favor da voz por trás de Timber.


Segundo o juiz do caso faltaram provas, mas por enquanto nenhuma decisão foi tomada a respeito do contrato ou do abuso sofrido pela cantora.
Vários outros nomes da música e da TV se pronunciaram no Twitter sobre a triste situação da cantora:














Agora uma enfase nesse último:


Lily Allen desde que Kesha prestou a queixa tem dado muito suporte a colega de trabalho, no mesmo ano ela foi à uma festa fantasiada de Dr. Luke, ironizando o produtor:



Além disso, a Halsey cantou uma música em sua homenagem também durante seu show em Glasgow:

"Tá Antônio, mas que postagem aleatória, hein?". Então colega, vou te mostrar o quão aleatório é uma mulher ser estuprada e não conseguir mais retomar a vida que tinha por conta de traumas como esses:



http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2014/11/11/pais-tem-50-mil-pessoas-estupradas-por-ano-roraima-lidera-ranking.htm


http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/uma-mulher-e-estuprada-a-cada-2-horas-no-rio-diz-pesquisa

http://www.compromissoeatitude.org.br/dados-nacionais-sobre-violencia-contra-a-mulher/
Todos os dados foram tirados de uma pesquisa rasa feita no Google, nada que qualquer um não tenha acesso. Agora, o que eu queria mostrar é: essa é a realidade de milhões de mulheres pelo mundo que agora ganhou brilho ao atingir alguém no estrelato. O caso da Ke$ha é horrível e deplorável, mas achar que é a primeira vez que alguém é abusado e perde sua voz para um zé mané não dá.

Meus pensamentos hoje estão com a cantora e espero que o de todos também, fiquem com essa seleção de músicas da garota que eu fiz para quem não conhece muito bem o trabalho dela.



EDIT: após tamanha repercussão do caso, a companhia Sony optou por demitir o produtor Dr. Luke. Pode não ser a vitória ainda, mas o peso dos fãs ajudou muito ❤️

Leia Também

9 comentários

  1. Eu estava sabendo do assunto apenas por cima, mas já sabia da acusação. É incrível como tem pessoas que não levam esse assunto como um "problema de verdade".
    Eu espero que a justiça seja feita.
    Se para uma cantora famosa, com milhares de fãs e uma conta bancária recheada não é fácil colocar o estuprador na cadeia, imagina para uma pessoa comum e com uma vida de renda baixa?
    Ótimo post, Antonio, com informações e muito bem feito! Parabéns.
    Sentimentos Apurados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, Bia!
      O assunto, por mais "costumeiro" que seja, ainda é considerado como tabu em algumas culturas e é mal-julgado.
      Muito obrigado!!! Volte sempre ;)

      Excluir
  2. Tem situações que me fazem duvidar da humanidade e essa é uma delas! Parabéns pelo post e pela iniciativa de falar sobre isso!

    ResponderExcluir
  3. Muito bem explicado e trabalhado a matéria e o assunto, Antônio. É preciso falar sobre abuso! É preciso dar voz para as mulheres que sofrem essa injustiça e apoiar elas a qualquer custo. Parabéns, ótima matéria!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É necessário sim.
      Obrigado e volte sempre ;)

      Excluir
  4. Nossa não sabia a respeito disso, que tenso !Muito bem explicado o post querido , beijos Maite
    http://maiteaissa.com/

    ResponderExcluir
  5. Bah cara não sabia disso, daí você percebe ao extremo que chegou esse negócio de abuso sexual né? Nem as famosas se escapam. Parabéns pelo post, muito explicativoo!
    Uma Tubaronense

    ResponderExcluir
  6. :'( Horrível saber que ela se encontra nessa situação junto com outras milhares de mulheres. É impressionante como a humanidade consegue ser tão insensível nesses assuntos, estupro é algo deplorável algo que morro de medo todos os dias que possa acontecer, pois não estamos livres disso e sei que muitas tem o mesmo medo que eu.
    blogpolimania.wix.com/polimania

    ResponderExcluir